O blog ficou completamente abandonado nos últimos tempos, mas tudo foi muito corrido por aqui. Estava fazendo as provas finais do curso, trabalhos e em seguida minha mãe chegou pra me visitar. Por isso o motivo do sumiço, mas agora voltei e tenho muitas cidades novas para contar.
 
Hoje vou falar um pouco das Islas Cíes, que ficam em Vigo, na província da Galícia. Essa foi a última cidade que visitei com minha mãe e que fechou a nossa viagem com chave de ouro. Apaixonei com o lugar…
 
tour01
Imagem retirada do site campingislascies.com
 
Ilhas Cíes
 
As Ilhas Cíes são compostas por três ilhas – Monte Agudo, O Faro e San Martiño – e formam parte do Parque Nacional de Ilhas Atlânticas. É um lugar que atende as pessoas que desejam curtir um dia mais “preguiçoso”, aproveitando somente o solzinho e a praia, e também aqueles que curtem caminhar. Há várias trilhas que fornecem vistas incríveis.
 
SAM_6774
 
Para acessar às ilhas existem empresas que fazem o transporte de barco. Eu fui com a empresa Mar de Ons e saí do Porto de Vigo, mas eu vi que tem a opção de sair de outros portos também. O trajeto foi de, mais ou menos, 45 minutos e o valor do transporte foi 10€ ida e volta. O barco é grande, confortável e bem pontual. Achei que valeu muito a pena!
 
Comprei as passagens antecipadas pela internet, porque as ilhas tem limite de pessoas por dia, então pode ser de não encontrar bilhetes na hora em épocas de alta temporada. E como os bilhetes também são limitados para cada horário, devido à lotação do barco, acho que vale a pena comprar antecipado.
 
SAM_6737
 
Fizemos um bate volta na ilha, ficando apenas 6 horas por lá, mas um tempo suficiente para aproveitar bem o local. Como era a última cidade das 10 que fomos, estávamos em busca de um dia mais tranquilo, sem muita caminhada. Então visitamos apenas o ponto Alto do Príncipe que tem uma trilha menorzinha (menos de 1km), mas que valeu MUITO a vista de lá.
 
SAM_6766
 
No restante do dia fomos em algumas trilhas bem pequenas de praia e curtimos a praia em que chegamos com o barco. A água de lá, apesar de um pouco gelada, é linda e bem cristalina. Deitar na areia dali, com um solzinho suave da Galícia e ler um bom livro não teve coisa melhor.
 
SAM_6745
 
No local há um restaurante com bastantes opções, tanto de lanche quanto de almoço, e lá também serve jantar. Mas o que eu vi que a maioria que estava curtindo a praia fez foi levar seu próprio lanche. O que é uma delícia também…
 
Lá só é preciso ficar atento com as comidas, porque tem muitas gaivotas que roubam, literalmente, sua comida. Elas só ficam esperando o momento certo. hahaha. A amiga da minha mãe estava comendo um sanduiche na praia tranquilamente e a gaivota pegou da mão dela. Foi muito engraçado!!!
 
Infelizmente, neste dia presenciei uma cena lamentável. Um homem que estava na praia com sua família jogou um pau em uma gaivota quando ela se aproximou deles pra pegar comida. Não sei se outra gaivota havia roubado comida deles antes, mas essa pessoa já estava preparada pro “bote”. E foi muito triste, porque ele quebrou a asa da gaivota e ela gritava muito de dor, sem dizer do desespero dela depois ao tentar voar e não conseguir.
 
Foi uma brutalidade sem necessidade, porque sabemos que o lugar é assim. Lá tem placas em vários locais pedindo atenção, porque as gaivotas pegam alimentos dos turistas. Mas, enfim… o objetivo desse comentário é alertar para a proteção do seu alimento. Se você não gosta de gaivotas, então não visite a ilha, mas não faça mal aos animais de lá. Fiquei muito triste com o ocorrido!
 
SAM_6744
 
Área de Camping
 
Existe também a opção de acampar na ilha, o que é sensacional. Espero ter a oportunidade de acampar lá antes de voltar pro Brasil.
 
Você pode usar o mesmo transporte de barco por 10€; é só comprar a passagem pra ir em um dia e voltar no outro. E para ficar na área de camping o valor pago é 10€ por dia e por pessoa se você tem a própria barraca. Caso você não tenha barraca, existe a opção de alugar uma barraca lá. Eu vi uma opção na internet e achei bem confortável, porque as barracas possuem camas, mas achei o preço bastante “salgado”. A diária para da barraca é 49€ com uma cama ou 75€ com duas camas, sendo necessário no mínimo duas estadias. Então, creio que a melhor alternativa, caso você não tenha barraca e queira acampar lá, é comprar uma barraca e só pagar a área de camping.
 
Hospedagem em Vigo
 
A minha opção de hospedagem foi em Vigo. Fiquei em um AirBnb excelente que aconselho muito. A localização é ótima, os donos são muito atenciosos e o espaço é bem aconchegante.
 
Vigo é uma cidadezinha pequena, mas bem gostosa. Há vários bares à noite em que você pode jantar bem ou apenas comer uns tapas (nome dado para as pequenas porções de alimentos). A cidade também tem uma área comercial boa, com as principais lojas da Espanha, caso queira fazer compras. Acredito que também é uma ótima opção de hospedagem.
 
Sites de interesse:
 
Empresas de transporte de barco para as ilhas:
Mar de Ons
Piratas de Nabia
Cruceros Rias Baixas
 
Para camping:
Camping Islas Cíes
 
Hospedagem de Vigo que fiquei:
Página facebook hospedagem
 
Até a próxima!
Beijos

Marina em 14/jun/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.