Como já comentei no post de Colônia , a Alemanha não era um país que eu tinha prioridade de conhecer, mas foi um lugar que me surpreendi bastante.
Quando comprei as passagens de avião (só por estarem muito baratas), o vôo era para Frankfurt e eu não tinha ideia de como era a cidade. Pesquisei depois os vários pontos turísticos que poderia conhecer e confesso que me surpreendi. A cidade é linda, com o clima muito gostoso e com pessoas muito simpáticas! SIM! Os alemães são simpáticos! hahaha. Não sei se é porque estive no país em abril, já no fim do inverno, e realmente o humor das pessoas muda com o clima (é impressionante), mas tive boa experiência na cidade.
 
A cidade
 
Apesar de ser a quinta maior cidade da Alemanha, a parte turística de Frankfurt é relativamente pequena. Está toda concentrada e é possível conhecer tudo caminhando. Creio que 2 dias são suficientes para conhecer tudo, mas como eu tinha apenas 1 dia e meio, arredondei pra um dia na minha cabeça e no primeiro dia andamos 27 km na cidade. Hahaha. Ficamos cansados ao final do dia, é claro, mas foi possível conhecer tudo. Aí na outra metade do segundo dia apenas ficamos curtindo o tempo em um Pub.
 
SAM_5653
 
Kleinmarkthalle
 
O Kleinmarkthalle é um mercado gourmet de Frankfurt em que se recomendam para experimentar a famosa salsicha local, além de ter várias especiarias típicas como sementes, temperos, etc.
 
O mercado em si eu não achei graça nenhuma, mas as barraquinhas e o aglomerado de gente que forma na porta é sensacional. Foram nessas barraquinhas que comemos a salsicha, tomamos vinho, jogamos conversa fora e sentimos um pouco do clima dos alemães. O mercado tinha muitos turistas, mas a maioria eram alemães.
 
Foi um dos locais que eu mais gostei e acho que vale muito uma parada lá. Ele fica bem próximo à Catedral de São Bartolomeu. Só falhei em esquecer de tirar uma foto de lá… uma pena!
O mercado funciona de segunda à sábado, mas não sei se as barraquinhas funcionam todos os dias, porque estive lá em um sábado.
 
Centro histórico Römerberg
 
O centro histórico é muito lindinho. Tem a famosa praça de Frankfurt, cartão postal da cidade, que foi completamente destruída na Segunda Guerra Mundial e depois construída novamente no mesmo modelo anterior. Ao redor dessa praça há muitas lojas de souvenir, bares, restaurantes, etc. Lá costuma ficar bem cheio.
 
Nessa praça um senhor alemão muito simpático se aproximou para oferecer para tirar uma foto e depois começou a conversar conosco. Ele foi um encanto de pessoa e aí mudei um pouco a imagem que tinha dos alemães como pessoas sérias, grosseiras e, às vezes, estúpidas.
 
SAM_5657
 
No centro histórico tem a área comercial da Galeria Kaufhof, onde é possível subir até o último andar e ter uma vista linda de toda a cidade. Há também o Main Tower, que é um prédio de 200 metros de altura e que fica perto da Galeria onde também se pode subir e ter uma vista panorâmica da cidade. O acesso à Galeria é gratuito e o acesso ao Main Tower é 6,50€, então não tivemos dúvidas em optar pela Galeria. Hahaha.
 
SAM_5715
 
Na parte central também há um touro, que segundo a tradição contada por um colega espanhol que vive na Alemanha, para ter sorte é necessário pegar nos testículos do touro. Não sei se a lenda é realmente real, mas tirar as fotos nos rendeu boas risadas.
 
IMG-20160227-WA0044
 
A Catedral de São Bartolomeu é uma catedral gótica e um dos poucos edifícios que não foram destruídos na Segunda Guerra Mundial. É uma igreja bem bonita e que, para mim, intimida os fiéis. Nela também é possível subir até a torre para ver toda a cidade, mas não quisemos subir, já que a subida é toda em escadas e nós já tínhamos a opção da Galeria.
 
SAM_5665
 
Ponte Holbeinsteg e Rio Meno
 
A Ponte Holbeinsteg é outro famoso ponto de Frankfurt. Ela não é apenas um recurso que permite atravessar para o outro lado da margem do Rio Meno, mas é uma estrutura bonita que dá um grande charme à cidade e também mais um local onde os apaixonados deixam os seus cadeados como jura de amor eterno.
 
Caminhar às margens do Rio Meno, com a ponte ao fundo, com certeza lhe renderá uma bela paisagem. Vale muito a pena!
Li também que é possível fazer passeio de barco no Rio, porém como estava muito frio não procurei saber como funciona esse passeio. Também não havia aquelas pessoas que nos aborda oferecendo o turismo, talvez por não ser tão procurado no inverno.
 
IMG-20160227-WA0045
 
De um lado da ponte fica o centro histórico e do outro o bairro famoso por ter o vinho de maçã. Estava com muita vontade de experimentar, porque é uma bebida típica do local e fomos em um Pub já ao anoitecer para provar o vinho e também fugir um pouco do frio. Para mim, que sou completamente leiga no assunto, a bebida era como vinho branco, porém com aroma de maçã. Hahaha. Nada demais!
 
Distrito Financeiro de Frankfurt
 
É no Distrito Financeiro onde se concentram o Banco Central Europeu, a Bolsa de Valores de Frankfurt, alguns bancos alemães e, claro, aquele famoso símbolo do euro. O local é um pouco afastado dos outros pontos turísticos, mas a região ao redor é bem bonita, com praças bastante agradáveis. Vale a visita!
 
SAM_5635
 
Estação de trem
 
A estação de trem é outro ponto impressionante em Frankfurt por sua beleza. Nela há umas banquinhas que vendem um pão típico chamado Pretzel, e que é uma loucura. Delicioso!!! Ótimo para comer em qualquer ocasião, até mesmo para acompanhar uma cerveja, porque ele tem uns cristais de sal por cima que o deixa bem salgadinho. Vale a pena!!
O valor dele é baixo também. Paguei 1,30€ pela unidade e era bem grande.
 
SAM_5623
 
Picto_bretzel_1
Imagem retirada no google
 
Acho que tentei resumir ao máximo o que visitei em Frankfurt.
Espero que tenham gostado!
Abraços,

Marina em 19/jun/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.