Oi Pessoas! 🙂
 
Depois de um bom tempo de ausência voltei pra falar desse hostel aí que fiquei em Copacabana. Em agosto de 2017 tive um congresso no Rio de Janeiro e estava buscando, junto com uma amiga, um local barato, mas também que fosse seguro. Diante do caos que andava a Cidade Maravilhosa, segurança foi um aspecto de muita preocupação pra gente durante a escolha.
 
O congresso era em São Conrado e o ideal seria ficar por lá, mas os valores não se enquadravam na nossa realidade. Rsrs! Então, buscamos um local de fácil acesso para o Congresso e encontramos o El Misti House Copacabana. Minha amiga já havia ficado em uma filial da rede e aprovado, então tivemos mais segurança ainda na escolha.
 
95395126
Imagem obtida da página do Booking.
 
Condições
 
A localização é ótima! O hostel situa-se na Rua Silva Castro, nº 49 (para quem deseja conferir no mapa). Fica há dois quarteirões do calçadão da Praia de Copacabana, tem muito comércio próximo (lanchonete, supermercado, farmácia, restaurante) e ainda uma linha de metrô. Melhor impossível! A rua é um pouco estreita e sem muito movimento à noite, mas não vimos nada demais, mesmo nos dias que chegamos mais tarde.
 
Para quatro noites em um dormitório feminino com 10 camas e banheiro compartilhado eu paguei R$85,23 pelo Booking. O quarto possuía beliches e treliches, todas com looker bem grandes e logo abaixo das camas. Quando cheguei, o quarto reservado já tinha 9 pessoas e a única que sobrava pra mim era uma no “terceiro piso”. O pessoal do hostel me ofereceu a opção de um quarto ao lado com duas beliches e completamente vago, caso eu não quisesse ficar na treliche restante. Ressalto que essa sugestão oferecida foi sem eu questionar nada do local. Eles ofereceram pensando na satisfação do hóspede mesmo. Não tive dúvidas e fui para o quarto vago com minha amiga, onde ficamos somente nós duas durante 3 noites. Apenas na última que chegaram mais duas pessoas.
 
A limpeza foi muito boa durante toda a estadia. Quartos, banheiros, cozinha e demais compartimentos limpos e organizados.
 
A equipe sempre muito atenciosa. No último dia, fizemos o checkout e pedimos pra deixar as malas no hostel até o horário do vôo, que era somente no fim da tarde, e foi super tranquilo. Havia um looker especial para esses casos e a equipe do hostel nos deixou à vontade para utilizar banheiros e cozinha, caso desejássemos.
 
Para deixar a estadia ainda mais gostosa, todos os dias às 19:00 havia uma caipirinha de cortesia para os hóspedes na recepção do hostel, onde as pessoas geralmente se encontravam, bebiam, tocavam violão e conversavam. Uma belíssima oportunidade para confraternizar e conhecer novas pessoas!
 
A experiência
 
Essa foi minha primeira hospedagem em hostel no Brasil e fiquei bastante satisfeita. Já vi muitas pessoas ressaltarem a diferença entre hostel no Brasil e na Europa, mas só tenho elogios da experiência e do lugar. Por esse motivo, fiz o post aqui no blog. Acredito que experiência positiva também tem que ser divulgada. Quem sabe esse post possa ajudar alguém que procura por hospedagem em Copacabana, não é mesmo?
Peço desculpas pela falta de fotos próprias. Essa viagem não foi uma viagem de lazer, propriamente dita, e eu não me preocupei muito com as fotos.
 
Um grande beijo e até a próxima!
 
20170824_191956

Marina em 04/jan/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.